Centro de Actividades Ocupacionais e Educação Ambiental

Felizmente que a Educação Ambiental tem vindo, cada vez mais, a ser valorizada por cada um de nós enquanto cidadãos. A Administração Central, Regional e Local, em parceria com diversas organizações têm um papel preponderante nas mudanças de hábitos e mentalidades das populações, não só ao nível da intervenção nas escolas ou outras estruturas afins que têm como finalidade, educar, formar e preparar para a cidadania. Numa sociedade cada vez mais consumista, o “lixo” não deve nem pode jamais ser encarado como algo que “não presta”, mas sim como algo que pode e deve ser reutilizado, reaproveitado e reciclado. É esta consciência que queremos fomentar e introduzir nos nossos utentes. Para isso, o Centro de Actividades Ocupacionais da CERCIFAF tem levado a efeito nos últimos dois anos, um conjunto de iniciativas que visam a sensibilização para a protecção do meio ambiente. 

Foto

Começámos por fazer pequenas experiências, pequenos trabalhos. Os utentes gostaram e nos avançámos para um projecto mais elaborado, incluído já, este ano, nos Planos Curriculares e de Intervenção do CAO em quase todas as áreas de trabalho, cujas actividades por:

  1. Colocar ecopontos à entrada do CAO;
  2. Promover Reuniões Gerais de Utentes como centro de discussão, abordagem e consciencialização para o tema;
  3. Separar todos os lixos produzidos no CAO;
  4. Semanalmente, e em pequenos grupos, colocar os resíduos sólidos, devidamente separados, nos ecopontos da Cidade;
  5. Reciclar, no CAO, o papel não necessário, gangas e, também, outros tecidos e produzir novo papel;
  6. Executar trabalhos decorativos “verdadeiras obras de arte” pintadas sobre o papel reciclado.

Num outro plano de acção, abordamos problemas da “cidadania ambiental” através da:

  1. Comemoração do Dia Internacional do Ambiente, numa verdadeira atmosfera propícia à aprendizagem, através de jogos com materiais recicláveis e com recurso à memória de aprendizagens feitas ao longo do ano;
  2. Encenação de uma curta dramatização respeitante a esta temática;
  3. Efectivação de uma visita de estudo a um aterro sanitário;
  4. Preparámos uma outra visita de estudo ao Museu do Papel, em Santa Maria da Feira, a ter lugar oportunamente.

Pelo forte impacto positivo que este trabalho tem tido entre os nossos utentes, pretendemos dar-lhe continuidade e envolver também as suas famílias com a finalidade de serem os próprios utentes os agentes e fautores da mudança de mentalidades e de hábitos dentro dos seus núcleos familiares. 

Arquivo CAO

| Página optimizada para uma resolução de 1360x768 ou superior. | Google Chrome v.22 ou superior. | Webmaster roger@cercifaf.pt |