Concurso 1.º de Maio - 2005

Promovido pela FNE – Federação Nacional de Educação, as escolas dos ensinos básico e secundário de todo o país foram convidadas a apresentar trabalhos nas modalidades de colagem, pintura, desenho e conto, ao concurso “Era uma vez o 1º de Maio…”, iniciativa que a FNE vem promovendo nos últimos anos. Este concurso tem como objectivo proporcionar aos mais jovens a oportunidade de conhecerem e investigarem uma data que simboliza a luta dos trabalhadores por melhores condições, a diversos níveis, nas condições e relações de trabalho até aí inexistentes.

Foto

O CER – Centro de Educação e Reabilitação da CERCIFAF enviou alguns trabalhos a concurso tendo obtido o primeiro lugar na modalidade de “Conto”. O trabalho premiado, que tem como título “Esperança”, partiu de uma “história da vida real” de um dos autores que, curiosa e coincidentemente, veio a tornar-se realidade no dia 13 de Maio do ano em curso, facto que encheu de alegria não só o jovem que passou a ter uma casa e uma família para viver, como os restantes colegas que participaram no trabalho e, naturalmente, as professoras envolvidas neste trabalho de equipa.

Por razões de logística não foi possível deslocarem-se a Lisboa, no Dia um de Maio, para receberem o prémio. Este foi entregue, no passado dia dezanove de Maio, na sede do Sindicato dos Professores da Zona Norte, filiado na FNE, numa cerimónia em que estiveram presentes vários dirigentes sindicais. Porque é o terceiro ano consecutivo que o CER obtém prémios neste concurso, em diferentes modalidades, tal facto foi devidamente salientado pelos dirigentes sindicais que elogiaram a qualidade do trabalho apresentado, incitando a futuras participações considerando que este tipo de actividade contribui não só para o desenvolvimento cognitivo dos alunos, mas, também, para reforçar sentimentos de auto-estima e de valorização pessoal indispensáveis para o sucesso de qualquer pessoa. Em nome dos alunos a Marina leu uma curta intervenção onde agradecia não só a oportunidade que lhes fora proporcionada, como ainda expressava os projectos escolares e pessoais que os alunos do grupo gostariam de desenvolver. O Prof. José Luís Ribeiro, em nome da Direcção da CERCIFAF, agradeceu a forma simpática e carinhosa como os dirigentes sindicais receberam a comitiva fafense, bem como evidenciou a cultura de projecto existente no CER, alicerçada nos quatro prémios que os alunos alcançaram no presente ano lectivo, em outras iniciativas congéneres.

Aos alunos vencedores foram oferecidos livros e para a Instituição enciclopédias juvenis.
No final da cerimónia o SPZN ofereceu um almoço no qual participaram dirigentes sindicais e a comitiva fafense.

| Página optimizada para uma resolução de 1360x768 ou superior. | Google Chrome v.22 ou superior. | Webmaster roger@cercifaf.pt |